terça-feira, 1 de janeiro de 2013

8 dias setembrinos

Paranóia.
Cabeça funcionando ao seu desfavor.
A sua cabeça delirando em imagens que nunca aconteceram e que nunca acontecerão. E você diz "basta". E tudo some, acordada com a janela aberta entre quatro paredes com o olhar fixo em uma delas. A realidade, até que enfim.
Os tons de azuis se transmutam, misturam-se, o que há de diferente neste espaço pequeno é quase mono-tom, até que você diz "basta" e tudo se desfaz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário